Programação Panorama Internacional

m

m

dos filmesFotos_dos_Filmes_do_VII_Panorama.html
dia a dia do PanoramaFotos_dia_a_dia_Panorama.html
Competitiva BaianaCompetitiva_Baiana.html
Coisa Linda de CinemaCoisa_Linda_de_Cinema.html
Panorama Internacional
Première BrasilPremiere_Brasil.html
Panorama BrasilPanorama_Brasil.html
Competição Longas e CurtasCompeticao_Longas_e_Curtas.html
HomenagensHomenagens.html
Sessão CineclubeSessao_Cineclube.html
OficinasOficinas.html
JúriJuri.html
 
Dia 18/08 às 20h (Unibanco – Sala 1)
Morrer como um homem, de João Pedro Rodrigues. Portugal, 133’, cor, 35mm, 2009.
Dia 19/08 às 15h20 (Unibanco – Sala 2)
Caminho Para o Nada (Road To Nowhere), de Monte Hellman. EUA, 121’, cor, digital, 2010.

Dia 19/08 às 18h (Unibanco – Sala 4)
O Fantasma, de João Pedro Rodrigues. Portugal, 90’, cor, 35mm, 2000.
Conversa com o diretor após a sessão.

Dia 19/08 às 20h15 (Unibanco – Sala 4)
A Vida Útil (La Vida Útil), de Federico Veiroj. Uruguai, 63’, p&b, digital, 2010
Dia 20/08 às 15h40 (Unibanco – Sala 2)
Morrer como um homem, de João Pedro Rodrigues. Portugal, 133’, cor, 35mm, 2009.
Dia 21/08 às 16h20 (Unibanco – Sala 2)
Verão de Golias (Verano de Goliah), de Nicolás Pereda. México, Canadá, Holanda, 76’, cor, digital, 2010.

Dia 22/08 às 18h (Unibanco – Sala 4)
Odete, de João Pedro Rodrigues. Portugal, 101’, cor, 35mm, 2005.

Dia 22/08 às 20h30 (Unibanco – Sala 4)
A Vida Útil (La Vida Útil), de Federico Veiroj. Uruguai, 63’, p&b, digital, 2010.

Dia 23/08 às 18h (Unibanco – Sala 4)
O Fantasma, de João Pedro Rodrigues. Portugal, 90’, cor, 35mm, 2000.

Dia 23/08 às 20h (Unibanco – Sala 3)
A Serbian Film, de Srdjan Spasojevic. Sérvia, 104’, cor, digital, 2010.

Dia 24/08 às 16h30 (Unibanco – Sala 2)
Odete, de João Pedro Rodrigues. Portugal, 101’, cor, 35mm, 2005.

Dia 25/08 às 17h40 (Unibanco – Sala 2)
Caminho Para o Nada (Road To Nowhere), de Monte Hellman. EUA, 121’, cor, digital, 2010.

Dia 25/08 às 18h (Unibanco – Sala 4)
Verão de Golias (Verano de Goliah), de Nicolás Pereda. México, Canadá, Holanda, 76’, cor, digital, 2010.

Dia 25/08 às 21h (Unibanco – Sala 4)
A Serbian Film, de Srdjan Spasojevic. Sérvia, 104’, cor, digital, 2010.



A VIDA ÚTIL (La Vida Útil)
Federico Veiroj – Uruguay – 63’, p&b, digital , 2010

Jorge ainda vive com seus pais, aos 45 anos. Ele trabalha como programador e assistente técnico na cinemateca há 25 anos e tem, também, um programa de rádio em Montevidéu no qual faz entrevistas e fala de filmes. Sua vida é consumida pelos filmes. Como o público caiu, a cinemateca fecha, deixando Jorge desempregado. Pela primeira vez ele é forçado a mudar sua maneira de viver para se adaptar a um novo mundo.

Alex@figafilms.com

A SERBIAN FILM
Srdjan Spasojevic  - Sérvia – 104’, cor, 35mm, 2010

Milos é um ator pornô aposentado, que saiu dos sets de filmagem para poder formar uma família. Pai dedicado, Milos vive frustrado à procura de um emprego até quando recebe uma proposta: trabalhar em um filme pornográfico com pretensões artísticas, com a condição de não conhecer a sinopse. Inicialmente recusa, mas após receber a oferta de um cachê exorbitante ele aceita. Quando descobrirá ter entrado em um túnel sem saída será tarde demais.
info@petrinifilmes.com

CAMINHO PARA O NADA (Road to nowhere)
Monte Hellman – EUA – 121’, cor, digital, 2010

Há um sombrio equilíbrio entre a realidade e a ficção. Um cineasta encontrou a matéria perfeita para a sua obra-prima: a história verídica da bela e misteriosa Vera Duran. Mas ao recriar o cenário trágico da sua morte, o jovem realizador percebe que nada sobre esse caso é o que parece.

lumeproducoes@yahoo.com.br

MORRER COMO UM HOMEM
João Pedro Rodrigues – Portugal - 133’, cor, 35mm, 2009

É a história do último inverno da vida de Tônia, uma veterana do espetáculo de travesti lisboeta. Enquanto Tônia luta contra a dependência da heroína de Rosário, o seu namorado heterossexual, o mundo à sua volta implode: o espetáculo de travesti agoniza, a concorrência de artistas mais novas ameaça o seu estatuto de vedeta.

ODETE
João Pedro Rodrigues – Portugal - 101’, cor, 35mm, 2005

Esse filme se inspira na letra de abertura de Moon River de Henry Mancini. Conta a história de uma caixa de supermercado mentalmente instável que acredita estar grávida do filho do seu vizinho, homossexual e morto, vítima de um acidente de viação cujo impressionante último suspiro ocorre nos braços do seu amante.


O FANTASMA
João Pedro Rodrigues – Portugal - 90’, cor, 35mm, 2000

Sérgio passa os dias entre um quarto alugado num hotel barato, sexo anônimo e o seu trabalho na coleta de lixo do setor norte de Lisboa. Mas uma noite os seus olhos se deparam com um fantasma dos seus sonhos, e ele acorda na obsessão do amor...

Verão de Golias (Verano de Goliat) 
Nicolás Pereda  - México, Canadá, Holanda – 76’, cor, digital, 2010 

Depois que seu marido a abandona, Teresa passa seus dias tentando desesperadamente entender o que aconteceu. Em vez de encontrar respostas, a sua missão torna-se uma viagem através das ruas e casas de pessoas que conhecem o seu marido. Misturando ficção e documentário, retrata suas visitas a aldeia e seus habitantes. “Verão de Golias” é uma reflexão sobre o sofrimento após o abandono, promessas quebradas, desconexão e saudade eterna.

Alex@figafilms.com




mailto:Alex@figafilms.commailto:info@petrinifilmes.commailto:lumeproducoes@yahoo.com.brmailto:Alex@figafilms.comshapeimage_13_link_0shapeimage_13_link_1shapeimage_13_link_2shapeimage_13_link_3